Cultura, Notícias

22 de janeiro de 2016

Giro Mundial – 18/01 até 22/01

Tags:, , , ,

No episódio dessa semana do Giro Mundial temos como principal tema, mais uma vez, a crise dos refugiados e suas consequências na União Europeia. Gostaria que houvessem notícias mais felizes para dar, mas acho que a relevância delas acaba deixando a tristeza de lado. Enfim, confira abaixo o que aconteceu na semana.

Líderes da União Europeia se reunirão na segunda para discutir uma suspensão de 2 anos do Acordo de Schengen

Os ministros europeus vão se reunir na segunda feira, em Amsterdam, para discutir uma suspensão de emergência do Acordo de Schengen. Essa suspensão duraria dois anos. O Primeiro Ministro Francês afirmou que a crise dos refugiados pode derrubar a Europa inteira. Se aceita, a medida pode ser colocada já em ação em maio desse ano. Assim como nos últimos 6 anos, quem levou a culpa foi a Grécia, por não conseguir registrar as milhares de pessoas que passaram por suas fronteiras.

Fonte: The Telegraph

 

Bombardeios na Síria deixam 30 civis mortos, incluindo 13 crianças

Pelo menos 30 civis foram mortos nessa sexta feira (22), num ataque conjunto da aviação russa com a força aérea síria contra posições do Estado Islâmico. A província de Deir Ezzor está sob controle do grupo terrorista desde sábado, quando eles atacaram e deixaram ao menos 439 mortos. Os dados são do Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Fonte: Globo

 

Fome atinge 14 milhões no sul da África

A agência de alimentos da ONU afirmou que cerca de 14 milhões de pessoas estão enfrentando duras condições de fome devido ao fenômeno do El Niño, que gerou uma seca brutal. Num dos países mais afetados, o Zimbabué, mais de 10% da população está sob condições horríveis.

Fonte: Reuters

 

Três naufrágios no Mar Egeu matam pelo menos 44 refugiados

Vou parafrasear o artigo do El País, porque não tem mais o que fazer sobre esse assunto. De acordo com informações da guarda costeira da Grécia, um dos barcos que transportava 48 pessoas colidiu com rochas e afundou ao largo da costa leste de Farmakonisi. Enquanto 40 tripulantes conseguiram se salvar por seus próprios meios, a guarda costeira grega e um barco da Frontex recuperaram os corpos sem vida de 20 pessoas, seis crianças e uma mulher, além de conseguir salvar uma menina das águas.

Fonte: El País

 

Receba Nossas Novidades
Nós respeitamos sua privacidade

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons
error: Content is protected !!