Notícias

20 de abril de 2017

Chinês deve ser adicionado ao currículo escolar irlandês.

Chinês e outras línguas estrangeiras devem ser adicionados ao currículo escolar irlandês para ajudar os alunos a se prepararem para a ameaça econômica representada pelo Brexit e a ascensão de países não-ocidentais.

Uma estratégia de 10 anos, que deverá ser publicada em breve pelo Ministro da Educação Richard Bruton, inclui metas ambiciosas para aumentar o número de estudantes de línguas estrangeiras no país.

O polonês, o lituano e o português também serão introduzidos como “línguas do patrimônio” no currículo, destinado às comunidades de imigrantes.

chines-na-irlanda

A introdução do chinês mandarim como uma nova matéria no currículo é parte de uma tentativa de garantir que o sistema esteja educando os alunos em línguas que também são mercados-alvo para as exportações.

O novo plano reconhece que a Irlanda não tem dado prioridade à aprendizagem de línguas estrangeiras, considerando apenas o inglês como uma língua internacional comum.

No entanto, isso mudará em breve por conta da Brexit e pela crescente importância global de países como China, Índia e Brasil.

Línguas Minoritárias

A fim de ajudar a atingir os objetivos de aumentar o número de estudantes de línguas estrangeiras, será explorada a possibilidade de escolas se agruparem para proporcionar um maior acesso às línguas minoritárias.

Além disso, pode haver uma combinação de ensino on-line e presencial por professores especialmente designados que trabalharão em diferentes escolas em regiões-chave.

Confira algumas das metas estabelecidas no plano:

  • Todos os estudantes do ciclo júnior estudarão uma língua estrangeira até 2021;
  • Aumento de 10% no número de alunos do Curso de Pós-Graduação em Língua Estrangeira, com um esforço para diversificar o número de línguas estudadas além do francês;
  • Aumento de 50% no número de estudantes que terminam os programas Erasmus, com reduções no número de alunos que o fazem através do inglês;
  • Apoio a um quinto dos estudantes do ensino superior para estudar uma língua estrangeira como parte do seu curso, especialmente aqueles que estudam negócios internacionais e tecnologias de informação e comunicação.

Ceticismo

chines-na-irlanda
Richard Bruton, Ministro da Educação.

Os planos poderão ser recebidos com certo ceticismo pelo sindicato de professores, que dizem haver uma crise na oferta de professores qualificados em segundo nível em áreas-chave, como o irlandês.

Bruton diz que haverá uma auditoria dos professores secundários que são qualificados no sistema para ensinar línguas estrangeiras, mas não o estão fazendo.

Se este for o caso, as escolas serão encorajadas e apoiadas com formação para diversificar a gama de línguas oferecidas.

Além disso, os planos dizem que os professores devem receber oportunidades de treinamento para aprimorar suas habilidades linguísticas, enquanto um novo padrão básico de proficiência deve ser aplicado aos estudantes que desejam se formar como professores de línguas. Também recomenda medidas para encorajar estudantes estrangeiros a estudar aqui.

Recursos adicionais

Em uma declaração, Bruton disse que os alunos precisam ser apoiados com as habilidades para entender outras culturas e sociedades, a fim de prosperar na economia moderna. Como resultado, foi necessária uma mudança na aprendizagem de línguas estrangeiras na Irlanda.

Ele ainda completou dizendo que as crianças estão aprendendo uma segunda língua – irlandês – a partir dos quatro anos.

Os novos planos preveem igualmente mudanças a nível primário, com a possibilidade de ensinar aspectos do currículo através da língua irlandesa e outras estrangeiras a serem exploradas.

O órgão consultivo do Estado sobre o assunto, o Conselho Nacional de Currículo e Avaliação, também será convidado a considerar a inclusão de línguas estrangeiras em classes superiores no nível primário.

Mais atualizações em breve, fique ligado aqui no blog.

Notícia do Irish Times.

Receba Nossas Novidades
Nós respeitamos sua privacidade

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons
error: Content is protected !!